Vitor Silva / SS Press / Botafogo
Vitor Silva / SS Press / Botafogo

Alberto Valentim é demitido após três jogos no Egito

Ex-técnico do Palmeiras e Botafogo não aceitou as ordens do dono do Pyramids, que exigia a escalação de Ribamar no banco de reservas

O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2018 | 10h36

Durou apenas três jogos a passagem de Alberto Valentim pela equipe do Pyramids, da Arábia Saudita. O técnico foi demitido após divergências com Turki al-Sheikh, bilionário saudita que comprou o clube em junho.

Valentim resolveu manter a escalação de Ribamar contra o El Geish, na última terça-feira, mesmo com a ordem do dono do clube para que o jogador brasileiro ficasse no banco de reservas. O Pyramids venceu o jogo, por 2 a 1, com dois gols de Ribamar.

Demitido, Valentim fez valer a cláusula contratual na qual tem direito a receber todo o dinheiro do contrato. O dirigente aceitou pagar toda a quantia.

Com a saída de Valentim, o Pyramids emprestou Ribamar, ex-jogador de Botafogo e Atlético-PR, para o Ohud Medina, da Arábia Saudita.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Alberto Valentim futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.