Alcides deve operar joelho em Barcelona

O zagueiro Alcides terá mesmo de ser submetido a uma cirurgia em seu joelho direito, mas o caso está entregue pelo Santos ao procurador do atleta, Giulinano Bertolucci, e ao Benfica. A operação deverá ser realizada na semana que vem, mas ainda não se sabe se no Brasil ou em Barcelona, como sugeriram os portugueses. O jogador tem compromisso com o Santos até junho e já assinou contrato com o clube português por cinco temporadas, mas só deverá voltar aos campos dentro de no mínimo seis meses, o tempo necessário para a completa recuperação do joelho. Alcides se contundiu domingo no jogo contra o Botafogo, quando levou um carrinho de Têti. Na segunda-feira Alcides passou por ressonância magnética, que constatou a lesão, mas os médicos do Santos resolveram iniciar o tratamento convencional, com a imobilização da perna do atleta e exercícios fisioterápicos. Deram um prazo de quinze dias para nova ressonância, quando seria decidido se o jogador seria operado ou não. Na quarta-feira, porém, Alcides foi levado para a Capital para exames mais detalhados e o médico Gilberto Camanho indicou a cirurgia. Foi quando o procurador Giuliano Bertolucci assumiu a responsabilidade pelo tratamento do atleta, que nesta quinta-feira fez nova consulta, na expectativa de poder evitar a operação. A cirurgia deverá ocorrer na semana que vem e os dirigentes do Benfica indicaram uma clínica em Barcelona. O local, porém, ainda não está definido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.