Alcir Portela, ex-Vasco, morre aos 64 anos no Rio de Janeiro

Ex-atleta é vítima de um câncer na próstata; ele se destacou na conquista do Campeonato Brasileiro de 1974

Redação,

30 Agosto 2008 | 10h12

O ex-jogador de futebol Alcir Portela, de 64 anos, morreu na noite desta sexta-feira no Rio de Janeiro vítima de um câncer na próstata. O atleta, que atuava no meio-campo, teve grande destaque no Vasco e conquistou pelo clube o Campeonato Brasileiro de 1974.Alcir é o terceiro jogador com mais partidas disputadas na história da equipe carioca. Em 12 anos, entre 1963 e 1975, ele entrou em campo 508 vezes.Após encerrar a carreira de jogador, ele permaneceu ligado ao Vasco e em nove oportunidades chegou a assumir o cargo de treinador de forma interina. Em 2005, foi demitido pelo então presidente Eurico Miranda.O ex-atleta deixa a esposa e dois filhos. O enterro está programado para a tarde deste sábado.

Mais conteúdo sobre:
Alcir PortelaVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.