Alcoolismo de Ortega volta a preocupar dirigentes do River

Envolvido com problemas de alcoolismo, o meia-atacante Ariel Ortega voltou a preocupar os dirigentes do River Plate. Isso porque o jogador faltou novamente aos treinos da equipe argentina, que estão sendo realizados em Mar del Plata - a equipe está participando de um pentagonal na cidade."Ele está com um problema médico, que tem melhorias e retrocessos. Essas decaídas que estão nos preocupando", disse José María Aguilar, presidente do River. O atleta está passando por um tratamento para largar o vício do álcool desde o ano passado.Segundo a imprensa local, Ortega voltou a beber após a vitória do River sobre o Racing por 2 a 0, no sábado, pelo Torneio de Verão. Ortega, que marcou um dos gols da partida depois de cobrar um pênalti, foi a um bar em Mar del Plata e voltou ao hotel embriagado. Após voltar ao seu quarto, ele discutiu por telefone com um parente e retornou a sair. Ele só foi visto novamente no hotel na manhã de segunda-feira.Devido ao incidente, o treinador Daniel Passarella ordenou que Ortega voltasse a Buenos Aires para passar por uma avaliação médica. O meia pode ser internado numa clínica para ser tratado em tempo integral.Com 32 anos, Ortega chegou a pedir ajuda em novembro aos dirigentes do River para abandonar o vício. Além de passagens pela equipe portenha, o jogador atuou no Parma, Sampdoria, Valencia, Newell´s Old Boys e Fenerbahçe, clube que abandou em fevereiro de 2003 - por causa de uma briga judicial, o atleta ficou 19 meses sem poder trabalhar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.