Tasso Marcelo/Estadão
Tasso Marcelo/Estadão

Aldo Rebelo defende técnico brasileiro na seleção brasileira

Ministro cita Abel Braga, Scolari, Muricy e Luxemburgo, como exemplo de técnicos vitoriosos

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2012 | 16h06

RIO - O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, mostrou nesta segunda-feira que não é a favor da contratação de um técnico estrangeiro para dirigir a seleção brasileira. Quando perguntado a respeito da possibilidade de a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) trazer Pep Guardiola, ex-comandante do Barcelona, o ministro revelou confiar nos treinadores brasileiros.

"O mundo dispõe de bons treinadores, mas temos aqui no Rio de Janeiro o campeão brasileiro, o Abel Braga, temos o Felipão, que foi campeão mundial pelo Brasil em 2002, temos o próprio Luxemburgo e o Muricy Ramalho, ou seja, técnicos vitoriosos", disse o ministro, na Soccerex.

Na feira de negócios do futebol, que está sendo no Forte de Copacabana, no Rio, Aldo falou também do trabalho de Mano Menezes e elogiou o treinador. "O Mano cumpriu um papel importante, como técnico sério e dedicado, mas a decisão da CBF tem que ser respeitada. Creio que o Brasil dispõe de nomes à altura do Mano, técnicos experientes, e confio que a CBF vai encontrar o melhor nome."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.