Divulgação
Divulgação

Alecsandro evita descartar Palmeiras da briga pelo título

'Tanto G-4 quanto a disputa estão em aberto, tudo pode acontecer'

Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2015 | 17h32

Mesmo desanimado pelo empate com gosto de derrota no clássico de domingo, Alecsandro não se deixa abater. O atacante acredita que o Palmeiras ainda está na briga pelo título do Brasileirão, apesar dos 15 pontos que o separa do líder Corinthians. "A briga está ficando mais acirrada a cada rodada. Eu diria que tanto o G-4 quanto o título ainda estão em aberto, tudo pode acontecer", afirmou o atacante, nesta segunda.

"Sabemos das dificuldades, a briga pelo título e pelo G-4 será difícil, e acredito que será decidida nas últimas rodadas", disse o atacante, que teve atuação boa contra o Corinthians no empate de 3 a 3 depois de seu time estar na frente por três ocasiões.

Para Alecsandro, o Palmeiras terá sua chance quando os líderes começarem a oscilar na dura sequência do campeonato. "O Palmeiras teve uma sequência de sete jogos sem perder, e, da mesma maneira que o Corinthians está tendo uma sequência positiva, ele pode ter uma negativa. O futebol brasileiro nos proporciona algumas surpresas, não tem como cravar quem é favorito", ponderou.

Depois do empate com o Corinthians, no Allianz Parque, domingo, o time de Alecsandro volta a campo nesta quarta para enfrentar o Internacional, no Beira-Rio. "São sempre jogos difíceis e temos de ficar atentos ao que o treinador pede. Hoje, o Palmeiras tem uma equipe forte fora do gramado, que estuda jogador por jogador. Estes mínimos detalhes que os profissionais trazem para a gente acabam nos favorecendo em alguns jogos. Será uma partida extremamente difícil."

O confronto será ainda mais complicado para o Palmeiras por causa de baixas importantes. Lucas, Robinho, Gabriel Jesus e Dudu, todos destaques no clássico de domingo, levaram o terceiro cartão amarelo e são desfalques no meio de semana. Alecsandro, contudo, evitou lamentar as baixas. "Temos de ver como uma oportunidade para quem está fora mostrar o seu valor. No futebol, não tem como lamentar essas coisas, pois temos lesões, terceiro cartão amarelo, desfalque por cansaço... Por isso que o Palmeiras tem um elenco de qualidade. Neste momento, nós temos de fazer valer toda a força do elenco."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.