Alecsandro vira desfalque do Flamengo contra o Boavista

O atacante Alecsandro acabou ficando fora da lista de relacionados do Flamengo para a partida contra o Boavista, nesta quinta-feira, às 19h30, no Maracanã, pela quinta rodada do Campeonato Carioca. O jogador foi vetado nesta quarta do confronto por causa de um edema na coxa direita, que foi detectado em um exame de ressonância magnética.

Estadão Conteúdo

18 de fevereiro de 2015 | 21h37

Por causa do problema, Alecsandro apenas trabalhou na academia do clube nesta quarta e ficou fora da atividade realizada pelo resto do elenco no gramado. Depois, ele, autor de três gols nesta edição do torneio estadual mesmo como reserva da equipe, apenas correu em volta do gramado.

Após o treinamento desta quarta, Luxemburgo explicou que o jogador será apenas poupado. "O Alecsandro estava sentindo um pouco de dor, então preferimos deixá-lo fora para se recuperar, assim como fizemos com Gabriel e Eduardo. Vai se recuperar para depois ficar totalmente à disposição. Com uma lesão de adutor hoje, dependendo do grau, você pode ficar três ou quatro semanas sem o jogador, e isso não interessa para a gente", afirmou Luxemburgo.

Para completar, o comandante confirmou a manutenção de Pará na lateral direita, embora Léo Moura tenha se recuperado de uma lesão que o tirou dos últimos jogos. "Às vezes se cria uma ideia, como se o Léo fosse perpétuo, e que não pudesse tirá-lo. Não existe isso. Optei pelo Pará, mas amanhã (quinta) pode voltar o Léo. Está tudo dentro de uma coisa muito natural", explicou o treinador.

Já em relação ao time que disputou a última partida, o time terá duas modificações. O lateral-esquerdo Thalyson entrará no lugar do lesionado Anderson Pico, enquanto o meia Gabriel será substituído pelo atacante Nixon, poupado na rodada passada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.