Alemães demonstram otimismo e querem Kahn como titular

Nada como uma boa goleada para elevar o moral e apagar a má impressão perante a torcida. Depois da goleada por 4 a 1 sobre os Estados Unidos, na quarta-feira, em Dortmund, a seleção da Alemanha, treinada por Jürgen Klinsmann, voltou a figurar entre os maiores favoritos para levar o título da Copa do Mundo. Além disso, o goleiro Oliver Kahn deveria ser o eleito de Klinsmann para ser titular no Mundial, segundo pesquisa divulgada pelo Serviço Alemão de Informação Esportiva.A 77 dias do início da Copa, o Brasil continua favorito para conquistar o hexacampeonato mundial para 49,6% dos entrevistados pelo Instituto Promit em toda a Alemanha. A seleção de Klinsmann, após a vitória contra os EUA, está em segundo lugar, com 13,8%. Na semana passada, a mesma pesquisa mostrava que apenas 9,9% acreditavam no título mundial. A Itália de Marcelo Lippi está em terceiro, com 9,2%.Outro dado importante do levantamento é que 25,3% acham que o time está pronto para a Copa, contra apenas 11,8 % da semana passada. Entre os setores do time, a defesa é o que conta com menos aprovação, com 46,3% contra. Para 35,1% dos entrevistados, Klinsmann deveria chamar o experiente zagueiro Christian Wörns, do do Borussia Dortmund.A pesquisa também mostrou outro problema para Klinsmann. Para 79,8% dos entrevistados, o treinador deve escolher Oliver Kahn, do Bayern de Munique, vice-campeão e melhor jogador da Copa de 2002, como o número 1 da Alemanha. Apenas 12,5% acham que Jens Lehmann, do Arsenal, será o escolhido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.