Alemanha bate Equador, 3 a 0, e fica em primeiro no Grupo A

A Alemanha espantou a zebra, venceu o Equador por 3 a 0, nesta terça-feira, em Berlim, e assegurou o primeiro lugar do Grupo A. Os donos da casa pegam nas oitavas-de-final a Suécia. O jogo será sábado, em Munique, às 12 horas (de Brasília). O Equador, que ficou com o segundo lugar, vai enfrentar a Inglaterra, no domingo, em Stuttgart, também às 12 horas.De quebra, o atacante Klose saiu de campo como novo artilheiro da Copa, com quatro gols marcados. Desempenho pior que em 2002, quando marcou cinco gols na primeira fase - mas passou em branco no mata-mata.Com a necessidade da vitória para obter o primeiro lugar, já que tinha menos saldo de gols, a Alemanha entrou mais ligada na partida e abriu o placar aos 3 minutos: Mertesacker cruzou da esquerda, a bola cruzou toda a área e encontrou Schweinsteiger, que escorou para Klose abrir o placar.Abalado pelo gol logo de cara, o Equador demorou a acordar para a partida e só tentou a primeira finalização aos 17 minutos, com Mendez, para fora. A Alemanha passou a esperar o adversário e arriscar nos contra-ataques. E foi assim que sai o segundo gol: Schweinsteiger tocou em profundidade para Klose, que driblou o goleiro Mora e marcou seu quarto gol na Copa.No segundo tempo, a Alemanha teve duas boas chances antes de se completar o primeiro minuto, e marcou o terceiro gol em mais uma bela jogada de contra-ataque. O Equador bateu um escanteio, mas a defesa alemã recuperou a bola e a equipe saiu rapidamente. No oitavo toque, Podolski aproveitou cruzamento de Schneider e tocou sem chances para Mora. Foi o primeiro gol do atacante, que vinha sendo criticado e correu para abraçar o técnico Jürgen Klinsmann.Depois do terceiro gol, o Equador começou a abusar do jogo violento, com faltas duras que não foram devidamente coibidas pelo árbitro russo Valentin Ivanov. Klinsmann tirou os astros Schneider e Klose, que saíram ovacionados pela torcida que lotou o Estádio Olímpico. Mesmo assim, a Alemanha perdeu várias chances de ampliar a vantagem, principalmente com Podolski.Ficha técnica:Equador 0 x 3 AlemanhaEquador: Mora; De la Cruz, Guaguá, Espinoza e Ambrosi; Edwin Tenorio, Mendez, Ayovi (Urrutia) e Valencia (Lara); Kaviedes e Borja (Benítez). Técnico: Luis Fernando Suárez.Alemanha: Lehmann; Friedrich, Huth, Mertesacker e Lahm; Frings (Borowski), Schneider (Asamoah), Schweinsteiger e Ballack; Klose (Neuville) e Podolski. Técnico: Jürgen Klinsmann.Gols: Klose, aos 3 e aos 43 minutos do primeiro tempo; Podolski, aos 11 minutos do segundo tempo. Árbitro: Valentin Ivanov (Rússia). Cartões amarelos: Valencia e Borowski. Local: Estádio Olímpico, em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.