Alemanha confirma 4 jogos manipulados

A Federação Alemã de Futebol confirmou nesta quinta-feira ter provas de que pelo menos 4 partidas foram manipuladas pelos árbitros, para favorecer apostadores. O centro do escândalo é o árbitro Robert Hoyzer, que já confessou seu envolvimento, mas outros três árbitros e 14 jogadores estão sendo investigados judicialmente."É claro que isto já não é um caso isolado", admitiu o vice-presidente da Federação Alemã de Futebol, Theo Zwanziger. Segundo ele, os jogos em que a fraude já foi comprovada, todos apitados por Hoyzer, foram: SV Wuppertal x Werder Bremen (time amador) e Eintracht Braunschweig x St. Pauli, ambos pelas ligas regionais (terceira divisão); LR Ahlen x Wacker Burghausen, da segunda divisão do Campeonato Alemão; e Padeborn x Hamburgo, pela Copa da Alemanha.O escândalo veio à tona há três semanas, com a denúncia de que Hoyzer teria recebido dinheiro da máfia croata para favorecer o Paderborn, um clube da segunda divisão, no duelo com o Hamburgo, da primeira. Durante o jogo pela Copa da Alemanha, ele expulsou um jogador do Hamburgo e ainda deu dois pênaltis para o Paderborn, que venceu por 4 a 2.Os outros árbitros acusados de envolvimento na manipulação de resultados são Juergen Jansen, Dominik Marks e Felix Zwayer. Ainda não há ninguém preso, apesar da confissão de Hoyzer, e também não foi definido o que acontecerá com os jogos em que houve fraude.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2005 | 13h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.