Alemanha derrota Irlanda e confirma vaga na Copa

Time ganha por 3 a 0 e carimba passaporte para vir ao Brasil

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2013 | 17h53

COLÔNIA - A Alemanha confirmou sua vaga na Copa do Mundo de 2014 nesta sexta-feira, ao derrotar a Irlanda por 3 a 0, no Rhein Energie Stadium, em Colônia. A equipe fez a festa de seus torcedores e se tornou a 13.ª seleção garantida na competição, ao lado de Suíça, Austrália, Japão, Irã, Coreia do Sul, Itália, Bélgica, Holanda, Costa Rica, Estados Unidos, Argentina e o anfitrião Brasil. Com uma talentosa geração, com nomes como Mario Götze, Özil, Thomas Müller, entre outros, os alemães não tiveram maiores dificuldades para confirmar a primeira colocação no Grupo C, com 25 pontos, com uma rodada de antecedência.

A Irlanda é a quarta colocada da chave, com 11 pontos, e não tem mais chances de estar no Mundial. Segunda seleção com maior número de participações em Copas do Mundo, a Alemanha estará em seu 18.º Mundial, tendo ficado de fora em 1930, no Uruguai, e 1950, no Brasil. Tricampeão, o país sonha em terminar com um jejum que completará 24 anos em 2014, já que seu último título foi em 1990, na Itália - os outros foram em 1954 e 1974.

E nesta sexta-feira, os alemães foram amplamente superiores durante toda a partida. A equipe abriu o placar logo aos 12 minutos, com Khedira. O volante aproveitou saída errada da Irlanda, arriscou e contou com um desvio no meio do caminho para marcar. Nos acréscimos, Coleman desviou cobrança de falta no travessão, na melhor chance irlandesa. Na segunda etapa, a Alemanha se impôs ainda mais e confirmou a vitória. Aos 12 minutos, Toni Kroos deu ótimo passe para Schürrle, que girou sobre a marcação e marcou. Já nos acréscimos, após rápido contra-ataque, Götze deu linda enfiada para Özil, que mostrou categoria, deu um toque por cima de David Forde e definiu.

Se a Alemanha garantiu a vaga para o Mundial, o segundo lugar do grupo, com 20 pontos, já é da Suécia - lembrando que os oito melhores segundos colocados, entre as nove chaves, vão para a repescagem. Nesta sexta-feira, os suecos saíram perdendo diante da Áustria, em casa, mas viraram com os gols de Olsson e Ibrahimovic, fizeram 2 a 1 e confirmaram a vice-liderança da chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.