Alemanha e Inglaterra fazem jogo mais aguardado das oitavas de final

Campeões já fizeram a decisão da Copa de 1966 e a semifinal da Copa de 1990

TERCIO DAVID, estadão.com.br

26 de junho de 2010 | 19h03

Klose poderá igualar Pelé se fizer um gol

Rooney é a esperança inglesa de gols

SÃO PAULO - Alemanha e Inglaterra entram em campo neste domingo, no Estádio Free State, em Blomfontein, para o mais aguardado jogo das oitavas de final da Copa 2010. O único confronto entre campeões desta fase do torneio irá definir que passará às quartas, para enfrentar o vencedor de Argentina x México. A partida entre ingleses e alemães começa às 11 horas (de Brasília) e terá transmissão ao vivo do Estadão.com.br e da Rádio Eldorado/ESPN.

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

As duas seleções chegam às oitavas após algumas tribulações na primeira fase. A goleada por 4 a 0 na estreia contra a Austrália não impressionou apenas torcedores e jornalistas do país, mas foi o suficiente para obter o reconhecimento de todo o mundo. No entanto, a derrota por 1 a 0 contra a Sérvia serviu como alerta, mas vitória magra sobre Gana, por 1 a 0, recolocou a seleção mais jovem da Alemanha dos últimos 76 anos no primeiro lugar do Grupo D.

A Inglaterra viveu um verdadeiro drama na primeira fase. Depois de um empate por 1 a 1 com os Estados Unidos - no frango histórico do goleiro inglês Robert Green - a seleção inglesa emendou com um novo empate frustrante, sem gols, com a Argélia e só conseguiu se classificar graças a apatia da Eslovênia, que mesmo após tomar o gol de Defoe ainda no primeiro tempo não se resignou a ir ao ataque e tentar pelo menos o empate, que inclusive tiraria os ingleses da Copa, já que os norte-americanos venceram os argelinos.

HISTÓRIA. Com o jogo deste domingo, a Alemanha torna-se, ao lado da Argentina, o adversário mais frequente da Inglaterra em Copas. Nas quatro vezes que se enfrentaram, os ingleses venceram apenas a partida final do Mundial de 66. Os alemães ganharam em 70, duas partidas terminaram empatadas. Curiosamente, apenas uma vez o resultado beneficiou os ingleses.

Em 82, o placar de 0 a 0 valeu pela segunda fase daquele Mundial e acabou beneficiando a Alemanha, que se classificou para a semifinal ao vencer a Espanha por 2 a 1, contra um novo empate sem gols entre ingleses e espanhóis.

Na Copa de 90, Alemanha e Inglaterra se encontraram na semifinal, e os alemães se classificaram para a decisão frente à Argentina nos pênaltis, após empate por 1a 1.

No Mundial de 70, nas quartas de final, a Alemanha venceu por 3 a 2 e se classificou para jogar a semifinal contra a Itália.

Mas a partida mais famosa entre as equipes aconteceu na final da Copa de 1966. Depois de um empate no tempo normal por 2 a 2, o jogo foi à prorrogação e nesta aconteceu talvez o gol mais discutido da história dos Mundiais. Aos 11, Hurst recebeu na área, fez o giro e bateu no alto. A bola explodiu no travessão e quicou fora do gol, mas o árbitro suíço Gottfried Dienst "viu" a bola bater dentro, para desespero dos alemães. Hurst ainda marcaria mais, no segundo tempo, e garantiria a vitória por 4 a 2.

Entre Copas, amistosos e outras competições oficiais, os ingleses venceram 12 vezes, marcando 47 gols, contra 10 vitórias alemãs, com 34 gols, e cinco empates.

EM 2010. Para o jogo deste domingo, a Alemanha pode entrar em campo desfalcada. O volante Schweinsteiger levou uma pancada na coxa direita e o lateral esquerdo Boateng se queixou de dores nas costas. Ambos foram substituídos na segunda etapa durante a partida contra Gana. Kloos e Jansen na lateral esquerda são as opções mais prováveis.

"Toni Kroos é sem dúvida uma alternativa, mas estamos otimistas em relação à recuperação de Bastian Schweinsteiger", disse Hansi Flick, diretor técnico da seleção alemã, ao site da Fifa.

Outro que também deverá estar fora da equipe titular é o brasileiro naturalizado alemão Cacau, que sofreu uma lesão muscular na região abdominal no treinamento desta sexta-feira. O atacante Klose, que cumpriu suspensão contra Gana após ser expulso na partida contra a Sérvia, é presença certa no time que entra em campo e terá nova chance de igualar os 12 gols de Pelé em Mundiais. Ele tem 11.

Do lado inglês, o técnico italiano Fábio Capello não tem nenhum desfalque e poderá contar com força máxima para o jogo que marca uma das maiores rivalidades do futebol, tanto pelo aspecto esportivo, quanto pelas rusgas vindas da Segunda Guerra Mundial.

ALEMANHA

1 - Neuer

16 - Philipp Lahm

17 - Mertesacker

3 - Friedrich

14 - Badstuber

6 - Kedira

18 - Kroos

13 - Muller

10 - Podolki

8 - Ozil

11- Klose

TÉCNICO - Joachim Low (ALE)

INGLATERRA

James - 1

Glen Johnson - 2

Terry - 6

Garragher - 18

Ashley Cole - 3

Barry  14

Gerrard - 4

Milner - 16

Lampard - 8

Rooney - 10

Defoe - 19

Fabio Capello (ITA) - TÉCNICO

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.