Reuters
Reuters

Alemanha faz 8 a 0 em San Marino e segue com 100% nas Eliminatórias da Copa

Com 12 pontos, os alemães seguem com 100% de aproveitamento no Grupo C

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2016 | 19h58

Atual campeã do mundo, a Alemanha não tem dó nem quando enfrenta as frágeis seleções do futebol. Nesta sexta-feira, enfrentou a semi-amadora equipe de San Marino, um pequeno país encravado na região central da Itália, fora de casa, e com muita facilidade aplicou uma goleada por 8 a 0, pela quarta rodada das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia.

Com 12 pontos, os alemães comandados pelo técnico Joachim Löw seguem com 100% de aproveitamento no Grupo C e devem garantir com tranquilidade e antecedência uma vaga para defender o título conquistado em 2014, no Brasil. Nestes quatro jogos - vitórias também sobre Noruega, Irlanda do Norte e República Checa -, são 16 gols marcados e nenhum sofrido pelo goleiro Manuel Neuer. Já San Marino é quase o oposto - quatro derrotas, apenas um gol feito e 17 tomados.

Em campo, mesmo a chuva pesada não atrapalhou a Alemanha, que jogou em ritmo de treino. Com gols aos 7 minutos, de Sami Khedira, e aos 9, de Serge Gnabry, os campeões mundiais acabaram com qualquer chance de zebra e aos poucos criaram as chances e os gols da goleada. Ainda na primeira etapa, aos 32, Jonas Hector marcou o terceiro.

Depois do intervalo, mais chuva e mais gols da Alemanha. Serge Gnabry marcou mais duas vezes, aos 13 e aos 31 minutos, e se destacou com um "hat-trick" (três gols). Jonas Hector fez outro, aos 20, Mattia Stefanelli anotou contra o seu próprio gol, aos 37, e Kevin Volland fechou a goleada alemã, aos 40.

Na tabela de classificação do Grupo C, a segunda colocação agora é da Irlanda do Norte, que recebeu o Azerbaijão, em Belfast, e goleou por 4 a 0. Os dois países têm a mesma pontuação, mas os britânicos têm melhor saldo de gols (6 a -2). Atrás deles está a República Checa, que ganhou a primeira nas Eliminatórias ao bater a Noruega por 1 a 0, em Praga. Os checos estão com cinco pontos, contra três dos noruegueses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.