Alemanha não terá Frings, suspenso, contra a Itália

O meia alemão Torsten Frings foi suspenso pela Fifa por um jogo por seu envolvimento na confusão entre jogadores de sua seleção e argentinos, após o fim da partida da última sexta-feira, que determinou, nos pênaltis, a classificação da Alemanha para as semifinais da Copa. Ele não poderá disputar a semifinal contra a Itália, nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), em Dortmund. Depois que Cambiasso errou o segundo pênalti da Argentina, e determinou a vitória alemã por 4 a 2, após empate por 1 a 1 no tempo normal, vários jogadores argentinos e alemães se envolveram numa briga no meio-de-campo. A punição vale por dois jogos, mas a segunda partida ficou sob sursis durante seis meses - ou seja, Frings pode jogar a final, ou a decisão do terceiro lugar, mas precisará cumprir o segundo jogo se estiver envolvido em novas confusões. A Fifa desmentiu que tenha começado a investigar os jogadores alemães por pressão da Federação Italiana de Futebol (FIGC), mas o fato é que, depois de ameaçar punir os jogadores argentinos, a entidade abriu investigação sobre os alemães ao receber imagens de uma TV italiana que mostram Frings dando um soco no atacante Julio Cruz. Frings tem 29 anos e esteve presente nos cinco jogos da Alemanha nesta Copa - marcou o último gol na vitória por 4 a 2 sobre a Costa Rica, num belo chute de fora da área. É um dos remanescentes da campanha do vice-campeonato, em 2002, quando atuou em todos os jogos, geralmente como lateral-direito.

Agencia Estado,

03 Julho 2006 | 12h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.