Bayern de Munique/ Divulgação
Bayern de Munique/ Divulgação

Alemanha prevê jogos a partir de 9 de maio com 300 pessoas, mas sem público

Partidas contarão apenas com a presença de pessoas ligadas aos times, organização do campeonato e jornalistas

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2020 | 09h52

Os dirigentes alemães planejam o retorno da disputa dos campeonatos da primeira e segunda divisão com 300 pessoas em cada evento, sem a presença de público, a partir de 9 de maio. A proposta será apresentada nesta quinta-feira em uma assembleia virtual da Liga Alemã de Futebol (DFL, sigla em alemão), com a participação de representantes das 36 equipes.

Elaborado por uma comissão médica da Federação Alemã de Futebol (DFB), o documento contém regras de higiene, prevê a realização de testes e propõe supervisão permanente dos atletas. Também é apresentado um planejamento para os treinamentos, em pequenos grupos e respeitando regras de distanciamento entre os jogadores. Todas as atividades deverão ser feitas com os portões fechados e cada jogador seria examinado antes de cada prática.

Nos últimos dias, vários clubes alemães retomaram a rotina de treinos, ainda que em atividades bem diferentes das que eram realizadas antes da pandemia do coronavírus. A prioridade das equipes é fazer trabalhos que não exponham aos jogadores a contatos muito próximos.

Os trabalhos costumam ser realizados em quartetos e com o vestiário fechado, além de haver conversas contínuas com médicos. Mas a retomada dos jogos ainda parece distante, sendo que o Campeonato Alemão está suspenso desde 13 de março e ainda que o país tenha uma das taxas de mortalidade mais baixas do mundo pela covid-19.

O Bayern de Munique estava na liderança, com 55 pontos, quatro a mais que o Borussia Dortmund, após 25 rodadas disputadas. Restavam nove jogos para o fim da disputa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.