Carl de Souza/AFP
Carl de Souza/AFP

Alemanha sugere que Blatter desista de reeleição e vire presidente honorário

Presidente da Federação Alemã acredita que Fifa pode recuperar "imagem positiva apenas com rostos diferentes na sua direção"

Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2015 | 14h01

O presidente da Federação Alemã de Futebol, Wolfgang Niersbach, revelou nesta terça-feira que sugeriu ao suíço Joseph Blatter que se torne presidente honorário da Fifa, desistindo da disputa por mais um mandato no comando da entidade máxima do futebol mundial.

De acordo com Niersbach, a Fifa pode recuperar "uma imagem positiva apenas com rostos diferentes na sua direção". Por isso, em uma conversa privada, o dirigente alemão sugeriu que Blatter desistisse de buscar mais uma reeleição e fosse nomeado presidente honorário da Fifa. "Eu acharia bom se ele se tornasse presidente honorário", afirmou o comandante do futebol alemão.

No comando da Fifa desde 1998, Blatter deseja ampliar a sua permanência no comando do futebol mundial, atualmente em 17 anos, e buscará seu quinto mandato na eleição marcada para o dia 29 de maio. O suíço é considerado amplo favorito para a disputa.

Dessa vez, porém, Blatter terá três adversários na votação, todos eles com o apoio de membros da Uefa. São eles: o holandês Michael van Praag, o ex-jogador português Luis Figo e o príncipe Ali bin al-Hussein da Jordânia, um dos vice-presidentes da Fifa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.