Alemanha vai faturar milhões em impostos na Copa

O Comitê Organizador da Copa do Mundo calcula que a Alemanha vai faturar um total de 30 milhões de euros só com os impostos sobre a venda de ingressos para os jogos. Além disso, a maioria dos jogadores das 32 seleções participantes terá que pagar impostos para o fisco alemão sobre prêmios por vitórias ou pela conquista do título.Os jogadores também têm que pagar tributos ao fisco alemão se ganharem dinheiro com propaganda e até mesmo com sessões de autógrafos. Só prêmios pagos pela Fifa estão isentos de impostos. A revista alemã Der Spiegel comenta que a seleção inglesa deve ser a favorita do ministro das Finanças da Alemanha, Peer Steinbrück, já que pode faturar o maior prêmio prometido para a conquista da taça: 450 mil euros para cada jogador do time.Jogadores brasileiros que atuam em times espanhóis, como Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo, poderão pagar impostos na Espanha, já que o país tem acordo tributário com a Alemanha.Para compensar, Cafu e Kaká, ambos do Milan, podem ter que pagar impostos em dobro ? tanto na Alemanha como na Itália. Enquanto isso, Roque Junior, Juan, Lúcio, Zé Roberto e Gilberto já jogam em times alemães e pagam seus tributos na Alemanha. Economistas prevêem que a Copa do Mundo vai aumentar o crescimento econômico da Alemanha em até 0,5%. Só os turistas estrangeiros deverão injetar cerca de 1 bilhão de euros na economia do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.