Kai Pfaffenbach/Reuters
Kai Pfaffenbach/Reuters

Alemanha vence a Polônia e vira líder nas Eliminatórias da Euro

Time de Joachim Low chegou aos 16 pontos com vitória no clássico

Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2015 | 17h54

Com dois gols nos primeiros 20 minutos de jogo em Frankfurt, a Alemanha venceu a Polônia por 3 a 1, nesta sexta-feira, e assumiu a liderança do Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa. Os alemães passaram exatamente os poloneses, indo a 16 pontos, contra 14 dos vizinhos e tradicionais rivais.

Novo titular da lateral esquerda, Jonas Hector chegou a linha de fundo e só rolou para Thomas Müller, que ficou com o gol vazio para abrir o placar, aos 12 minutos. Pouco depois, aos 19, Mario Götze arriscou de fora da área e a bola, rasteira, entrou no cantinho esquerdo do gol polonês.

Ainda no primeiro tempo, Lewandowski recebeu cruzamento da esquerda, e, livre no meio de área, descontou. A Alemanha, que jogava melhor, entretanto, fez o terceiro para garantir a vitória. Aos 37 do segundo tempo, Götze marcou no rebote.

A vitória sobre a Polônia permite à Alemanha fazer as pazes com sua torcida. Os alemães, desde a Copa do Mundo, tropeçaram quatro vezes em casa. Perderam da Argentina e dos Estados Unidos e empataram com Irlanda e Austrália. Vitórias, só contra Escócia e Gibraltar.

Agora a Alemanha está muito perto da vaga na Eurocopa. Com 17 pontos, precisa somar só mais três. Nas últimas três rodadas, pega a Escócia na segunda-feira, em Glasgow, e, em outubro, vai à Irlanda e recebe a Geórgia.

Com 14 pontos, a Polônia permanece em segundo no grupo. A Irlanda ganhou de Gibraltar por 4 a 0 e foi a 12, enquanto a Escócia tropeçou na Geórgia fora de casa e permaneceu com 11. Na segunda-feira, a Irlanda precisa vencer a Geórgia em Dublin, enquanto a Polônia recebe Gibraltar para somar três pontos.

GRÉCIA DÁ VEXAME

Em crise econômica, a Grécia passa por maus bocados também no futebol. Um ano depois de ir às oitava de final da Copa do Mundo, os gregos já não têm mais chance de disputarem a próxima edição da Eurocopa, ano que vem, na França. Nesta sexta-feira, o caixão foi fechado pela Finlândia, que venceu por 1 a 0 em plena Grécia.

Com apenas dois empates em sete partidas, a Grécia é última colocada do Grupo F. Com dois pontos, não tem mais como alcançar a Hungria, que tem 12 e, em terceiro, disputaria a repescagem. Nesta quinta, os húngaros ficaram no 0 a 0 com a agora vice-líder Romênia, que soma 15 pontos.

Tão surpreendente quanto o fracasso dos gregos é a campanha da Irlanda do Norte, que nesta sexta-feira fez 3 a 1 nas Ilhas Faroe, fora de casa. Os norte-irlandeses chegaram a 16 pontos, em primeiro.

Na próxima rodada, segunda-feira, a Irlanda do Norte recebe a Hungria em Belfast e se classifica à Eurocopa em caso de vitória. A Romênia também joga pela classificação contra a Grécia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.