Alemanha vence com posse de bola e muitas finalizações

Posse de bola e arriscar para o gol não importando a distância da meta adversária, estas foram a receita para a vitória alemã, nesta sexta-feira, contra a Costa Rica, por 4 a 2, no primeiro jogo da Copa do Mundo.Até aí sem muitas novidades, pois os germânicos são conhecidos por valorizar a posse de bola, 63% na partida - jogada no Allianz Arena, em Frankfurt - e também por não ter receio em arriscar contra o gol da seleção caribenha, foram 21 chutes, mas menos da metade certos: 10.Porém, o que surpreendeu foi a objetividade da Costa Rica. O time do técnico brasileiro naturalizado costarriquenho Alexandre Guimarães chutou somente 4 vezes ao gol de Lehmann, acertando 2, ou seja, o goleiro que tomou o lugar da estrela do Bayern de Munique, Oliver Khan, não fez nenhuma defesa no jogo.Além do placar elástico, uma novidade em partidas de abertura de Mundiais, o jogo também foi marcado por poucas faltas - 11 cometidas pela Alemanha e 15 pela Costa Rica - e somente um cartão amarelo, para Fonseca, da Costa Rica, aos 20 minutos do primeiro tempo. Parece que as esperanças de uma Copa mais "ofensiva" foi confirmada, pelo menos em seu início. Veja abaixo as estatísticas do jogo:Finalizações: Alemanha, 21; Costa Rica, 4 Finalizações certas: Alemanha 10; Costa Rica, 2 Faltas cometidas: Alemanha 11; Costa Rica, 15 Cartões amarelos: Alemanha 0; Costa Rica, 1 Cartões vermelhos: Alemanha 0; Costa Rica, 0 Escanteios: Alemanha 7; Costa Rica, 3 Impedimentos: Alemanha 3; Costa Rica, 3 Posse de bola: Alemanha 63%; Costa Rica, 37%

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.