Jon Nazca/Reuters
Jon Nazca/Reuters

Alemão Bernd Schuster é demitido do Málaga após temporada ruim

Treinador com passagem pelo Real Madrid tinha mais quatro anos de contrato

Agência Estado

28 de maio de 2014 | 10h09

MÁLAGA - O Málaga anunciou em seu site oficial que o técnico Bernd Schuster terá seu vínculo com o clube encerrado em 30 de junho e, portanto, ele não permanecerá para a próxima temporada do futebol europeu. O alemão tinha mais quatro anos de contrato, mas o mal desempenho do time no Campeonato Espanhol foi responsável pela demissão.

"O Málaga gostaria de agradecer Schuster e sua equipe técnica pelo trabalho duro apresentado durante uma temporada que foi muito difícil", afirmou o clube, por meio de um comunicado. Após o último jogo do time no Campeonato Espanhol, o treinador já havia revelado que havia a possibilidade de ele deixar o cargo.

O Málaga terminou o Espanhol no 11° lugar, com apenas seis pontos a mais do que o Osasuna, o melhor colocado entre os rebaixados do torneio. Substituindo o chileno Manuel Pellegrini, Schuster assumiu em junho do ano passado a equipe que meses antes havia avançado às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Após boas campanhas à frente de Levante e Getafe, o alemão foi contratado pelo Real Madrid e teve o ponto alto de sua carreira de técnico com a conquista do titulo do Campeonato Espanhol da temporada 2007/2008. Um mau início no torneio seguinte causou sua demissão e ele só foi treinar um time de novo em 2010 ao assumir o Besiktas, da Turquia, da onde saiu no ano seguinte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.