Alessandro destaca importância da primeira vitória

Lateral-direito do Corinthians comemora o 2 a 1 sobre o Barueri; time soma quatro pontos no Brasileirão

AE, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 21h31

Fazia tempo que o Corinthians não sabia o que é vencer pela Série A do Campeonato Brasileiro. Como disputou a segunda divisão no ano passado, o último triunfo pela elite do futebol nacional tinha sido em 28 de outubro de 2007, sobre o Figueirense. Neste sábado, o time corintiano derrotou o Barueri por 2 a 1, no Pacaembu, somando agora quatro pontos no Brasileirão.

Veja também:

link Corinthians vence a primeira na Série A: 2 a 0 no Barueri

link Corinthians desmente negociação com meia Zé Roberto

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

No entanto, mais importante do que a vitória na volta à primeira divisão, foi conquistar o primeiro resultado positivo no competição, evitando que um início ruim prejudique a campanha corintiana. "Era uma partida importante para somarmos três pontos", destacou o lateral-direito Alessandro, um dos que não foram poupados pelo técnico Mano Menezes.

"Temos exemplos de outras equipes que fizeram um planejamento deixando o Brasileiro de lado e depois tiveram problemas", completou Alessandro, se referindo ao dilema corintiano de disputar as fases finais da Copa do Brasil ao mesmo tempo que se inicia o Brasileirão. Se por um lado o lateral atuou neste sábado, outros cinco titulares foram poupados para o jogo contra o Vasco: Ronaldo, André Santos, Chicão, William e Cristian.

Um dos que atuaram na vitória sobre o Barueri, o goleiro Felipe deixou a torcida corintiana preocupada ao fim da partida no Pacaembu. Ele deixou o gramado reclamando de dores no joelho direito e pode ser dúvida para o jogo da próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. "Não quero ficar fora de nenhuma partida, mas agora precisa ver. A dor está limitando um pouco o movimento", disse o goleiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.