Alex acerta sua saída do Palmeiras

Alex encerrou, nesta segunda-feira, sua terceira passagem pelo Palmeiras, em que marcou apenas cinco gols e não ganhou nenhum título. O meia teve uma reunião com o diretor de futebol do clube, Sebastião Lapola, e solicitou sua liberação imediata a fim de tratar de seu retorno ao Parma, clube italiano que detém os seus direitos federativos pelos próximos três anos.O jogador não apareceu nem mesmo na reapresentação dos seus companheiros nesta segunda-feira, na Academia. Pessoas ligadas à diretoria do clube garantem que Alex ficou arrasado por não ter sido lembrado por Luiz Felipe Scolari para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo, preferindo se isolar.Nesta terça-feira, o meia embarca para Curitiba, onde irá arrumar as malas para seu retorno à Europa "O motivo real da saída do Alex foi financeiro. Ele me disse que abriu mão de muito dinheiro só para jogar no Palmeiras neste primeiro semestre, sonhando com a Copa do Mundo, mas agora pretende recuperar tudo o que perdeu atuando pelo Parma. Não houve como segurá-lo", contou Lapola.O diretor palmeirense disse que, a pedido do próprio treinador Vanderlei Luxemburgo, tentou interceder junto ao jogador, visando sua permanência no Parque Antártica. "Mesmo com a saída de Alex, não pretendemos contratar nenhum nome de peso para o Supercampeonato Paulista. O dinheiro anda curto e o futebol de hoje não permite mais loucuras. O Vanderlei terá à disposição reforços do Palmeiras-B para montar a equipe?, revelou Lapola.Mesmo perdendo o jogador de maior salário da equipe (Alex embolsava R$ 120 mil por mês), Luxemburgo não parece demonstrar qualquer tipo de preocupação. "Andaram falando que eu iria sair do Palmeiras e estou aqui, reiniciando um trabalho. A vida vai seguir naturalmente, temos um campeonato pela frente para disputar."O treinamento físico desta segunda-feira contou com a participação de sete atletas que estão disputando a Série A3 do Campeonato Paulista pelo Palmeiras B. Alguns, como o lateral-esquerdo Jorginho, o meia Chu e o atacante Reinaldo já atuaram pelo time principal. Também foram promovidos o meia Juninho, o volante Célio, o atacante Anselmo e o lateral-direito Pedro."Eu acompanhei várias partidas do Palmeiras B e chamei jogadores que podem acrescentar. Quero deixar claro, porém, que nenhum dos sete está chegando para salvar a pátria, nenhum está chegando como solução. O trabalho continuará a ser feito em cima de uma base, do equilíbrio", disse Luxemburgo.Os novos reforços serão analisados nas duas próximas semanas, mas vão se reincorporar ao time B nos dias de jogos. "Não estou preocupado se o Arce vai ficar ou não no Palmeiras após a Copa do Mundo. Quero buscar o meu espaço", anunciou o lateral Pedro, brasiliense de 21 anos, que chegou ao Parque Antártica no ano 2000 .Nesta segunda-feira, o atacante Christian confirmou que vai disputar o Supercampeonato Paulista, sem saber se terá de voltar ao Bordaux, seu clube na França. Seu contrato termina apenas dia 23 de junho, e uma das cláusulas garante ao jogador permissão para entrar em campo até o dia 1º de junho. Caso o Palmeiras descumpra essa determinação, terá que pagar uma multa de US$ 1 milhão.Nesta terça-feira, o lateral Daniel terá uma reunião com Sebastião Lapola. A Ponte Preta, proprietária de metade de seus direitos federativos, solicitou seu retorno para o segundo semestre, e o Palmeiras não deverá dificultar sua liberação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.