Alex Alves quer desencantar no Maranhão

O Botafogo vai tentar esquecer a campanha ruim no Campeonato Carioca para conquistar a classificação logo no primeiro jogo da Copa do Brasil. Para tanto, o Alvinegro vai precisar vencer nesta quarta-feira o Maranhão, às 20h30, no Estádio Castelão, por dois gols de diferença. O atacante Alex Alves, que ainda não marcou com a camisa da equipe carioca, espera quebrar o jejum na partida. "Fui contratado para fazer gols. Espero marcar contra o Maranhão e, assim, ajudar o Botafogo a conquistar a vaga", disse Alex Alves. Ao seu lado no ataque estará o jovem Hugo. Isto porque Dill pediu para não jogar. Ele tem contrato com o Alvinegro até junho e, caso atuasse pela Copa do Brasil, não poderia atuar por outro time na competição se vier a ser negociado. Por outro lado, o técnico Levir Culpi comemorou a volta do meia Almir, recuperado de uma hepatite. O atleta, porém, ficará no banco de reservas porque, segundo o treinador, ainda precisa aprimorar a forma física. "Mas ele deve entrar no decorrer da partida", garantiu Levir Culpi. Almir reconheceu estar muito ansioso com seu retorno aos gramados. Para ele, esta volta já teria acontecido há mais tempo. "Somente fui liberado agora pelos médicos. Parece até que será meu primeiro jogo pelo Botafogo", afirmou o atleta. Com relação ao meio-de-campo, Levir mantém o mistério. O retorno de Camacho, recuperado de contusão, é certo. Mas quanto a Túlio, livre de dores musculares, há uma dúvida. Isto porque Carlos Alberto atuou bem na vitória sobre a Portuguesa, pelo Carioca, e o treinador não quis antecipar se vai tirá-lo da equipe titular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.