Anderson Rodrigues / São Paulo FC Net
Anderson Rodrigues / São Paulo FC Net

Alex busca na Copinha primeiro título da nova carreira de treinador na base do São Paulo

Ex-jogador, ídolo do Palmeiras e Fenerbahçe, foi vice campeão brasileiro sub-20 como técnico

Redação, O Estado de S. Paulo

01 de janeiro de 2022 | 21h50

Contratado pelo São Paulo no início de abril, o técnico Alex de Souza chega ao fim da temporada como vice-campeão brasileiro e uma campanha que chegou às quartas de final do Paulista. A partir do dia 5 de janeiro, o clube vai disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior com a chance de conquistar seu primeiro título na nova carreira como treinador.

“Conseguimos fazer com que os jogadores acreditassem no potencial deles e pudessem melhorar. Hoje, temos um elenco mais animado e confiante para a Copa São Paulo”, disse o treinador são-paulino.

Ausente do calendário de 2021 por causa da pandemia de covid-19, a Copa São Paulo volta a ser disputado de 2 a 25 de janeiro. A 52ª edição da competição mais tradicional das categorias de base do Brasil, terá 32 sedes e 128 clubes.

Contando apenas jogos oficiais, Alex dirigiu o time em 42 jogos na temporada. Foram 24 vitórias, 10 empates e apenas 8 derrotas. “Tivemos uma campanha de razoável para boa no Paulista e uma muito boa no Brasileiro, que infelizmente não acabou em título, mas os jogadores puderam perceber que eles podem chegar longe e conseguir coisas grandes”, completou Alex.

Na Copinha, Alex destaca que o time será mais jovem que boa parte dos adversários. O regulamento prevê que jogadores nascidos até 2001 possam disputar o torneio. No caso do São Paulo, apenas Vitinho e Facundo se enquadram nessa faixa. Dos 30 inscritos, são mais 12 nascidos em 2002, 8 nascidos em 2003 e 8 nascidos em 2004. O São Paulo é tetracampeão da Copinha e busca voltar ao topo três anos depois da conquista de 2019.

˜Temos um elenco jovem e essa diferença de idade conta bastante. Isso não pode ser desculpa, mas é algo que vale destacar. Mesmo assim, vamos entrar para brigar pelo título, porque uma camisa do peso do São Paulo, precisa entrar em todas as competições para vencer e esse elenco já mostrou do que é capaz”, finalizou o comandante tricolor.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.