Alex contra-ataca e critica Citadini

Sempre comedido nas declarações, o meia Alex disse nesta sexta-feira que o vice-presidente de futebol do Corinthians, Antônio Roque Citadini, é despreparado para ocupar o cargo. A afirmação foi feita depois que o jogador do Palmeiras ficou sabendo que o dirigente corintiano condicionou sua convocação para a seleção brasileira que enfrenta a Islândia à amizade que mantém com o treinador Luiz Felipe Scolari. "Eu não tenho muito o que falar sobre essa pessoa. Aliás, não gosto de falar sobre quem não conheço". Alex até tentou não polemizar. Mas, instigado, acabou questionando a forma como Citadini vem cuidando dos interesses corintianos nos últimos tempos. "Pelo que ouço dizer, ele não está satisfazendo nem o lado dele. Não tenho nenhuma vontade de conhecê-lo algum dia. Essa declarações não me atingem, ainda mais vindo de que vem.? Mesmo tendo confessado ter ficado surpreso com sua convocação para a seleção, Alex tentou provar por meio dos números que mereceu a oportunidade. ?Tenho apenas 24 anos mas já fui chamado 40 vezes. E não foi apenas o Scolari que se lembrou de mim. Já joguei com Luxemburgo e Leão. O treinador da seleção faz as coisas da maneira que acha mais conveniente e eu me incluo na relação dos jogadores com possibilidades de ir para a Copa do Mundo." O goleiro Marcos foi menos incisivo que Alex. Mas reconheceu que a convocação do meia deveu-se ao seu passado na seleção brasileira. "Não é porque o Alex está passando por um momento ruim que deixará de ser lembrado. Tem capacidade. Quando ao Citadini, não tenho muito o que comentar. Apenas que cada um defende a sua parte, mas eu posso garantir que a amizade do Alex com o Felipão não interferiu em nada para que fosse chamado." O assunto também foi abordado na entrevista coletiva dada por Vanderlei Luxemburgo. Mas, ao contrário da semana passada, quando falou para a imprensa que ainda tinha dinheiro a receber do Corinthians, o treinador direcionou suas palavras apenas para o Palmeiras. ?Não quero falar nada sobre o Citadini. Cada um responde pelos seus atos."

Agencia Estado,

01 Março 2002 | 20h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.