Alex deve continuar no Cruzeiro

Alex, de 26 anos, está tranqüilo. Depois de ser considerado o destaque do Campeonato Brasileiro, o jogador examina as propostas. O Cruzeiro apresentou a sua nesta quarta-feira: um contrato de seis meses, renovável por mais seis caso não se transfira para a Europa. Zezé Perrella, vice-presidente do clube mineiro, assegura ser um dos melhores contratos dentro da realidade do País e bem próximo do que pretende o atleta.Nesta quarta-feira, Alex passou por São Paulo, onde deu uma entrevista coletiva, motivada pelo grande número de solicitações por parte da imprensa paulista, segundo seu assessor Acaz Fellegger.Alex confirmou que sua prioridade é continuar no Cruzeiro. "Pelos seus torcedores, pela estrutura, pelo grupo formado por jogadores maravilhosos", justificou o meia, que definiu 2003 como o melhor ano de sua vida esportiva. "Nunca apresentei um rendimento tão bom. Fiz boas temporadas no Coritiba e no Palmeiras, mas nada que se compare a este ano", afirmou.Os números comprovam: fez 63 partidas e anotou 39 gols (23 no Campeonato Brasileiro). Fez 40 assistências. Foi convocado 6 vezes para a seleção. E igualou um recorde de Ronaldo: cinco gols em único jogo pelo Cruzeiro (contra o Bahia, na última rodada). Além do fato de ter conquistado seu primeiro título brasileiro.O bom futebol tem várias causas. Uma delas é o fim dos problemas judiciais com o Parma, que o havia contratado junto ao Palmeiras em 2000, mas nunca o aproveitou. "Esse problema me atrapalhou por dois anos. Sem ele, pude me concentrar só no futebol", disse o meia, que também se considera mais maduro e melhor preparado para suportar as pressões da torcida e da imprensa.Outro motivo é o técnico Vanderlei Luxemburgo. "Ele é o treinador que mais me conhece como jogador e consegue esconder os meus defeitos. Desse modo, as minhas qualidades aparecem mais para o time", explicou. Alex ainda sonha em jogar no futebol europeu e é franco em qual país gostaria de jogar: "Espanha". Mas está mais precavido. O jogador e seu empresário estudam a opção de ir para a Europa no meio do ano, quando se inicia a temporada - geralmente times que contratam agora não fazem um bom campeonato e buscam ?salvadores?.Há outros fatores também: sua mulher está grávida - espera o primeiro filho do casal - e a ótima adaptação ao futebol mineiro. "Pelo que sei, o Cruzeiro vai montar uma equipe competitiva. Trazer bons reforços. Tem a Libertadores...", enumerou.Nesta quinta-feira, Alex deve anunciar se aceita a proposta do Cruzeiro. Pelo jeito, a torcida do campeão brasileiro pode ficar tranqüila.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.