Alex Dias na mira de clubes franceses

A permanência do atacante Alex Dias no Vasco voltou a ficar ameaçada, hoje, já que dirigentes franceses do Paris Saint Germain (PSG) e do Saint Etienne avisaram que irão mandar representantes com o objetivo de contratá-lo, na próxima semana. Enquanto as novas propostas não são apresentadas, o atleta que, na segunda-feira recusou se transferir para o futebol árabe reafirmou seu desejo de permanecer na equipe carioca, não descartou mudar de opinião, caso receba uma oferta irrecusável. Um dos indícios de que Alex Dias pode deixar o Vasco é o de o técnico do time Dário Lourenço já ter se mostrado resignado com a saída do atacante. Apesar de conformado, o treinador frisou que ainda tem "esperanças" na permanência do jogador. "Infelizmente, isso a gente vai ver acontecer no Brasil todo. E perder um jogador como ele é uma perda muito grande", destacou Dário Lourenço. "O Alex Dias e o Romário são as estrelas do time, mas uma proposta tentadora mexe com a cabeça do atleta." Dário Lourenço ainda lembrou que o fato de Alex Dias estar adaptado ao Vasco será um fator positivo no momento de o atleta decidir. E ainda contou que o presidente do clube Eurico Miranda assegurou a permanência do atacante em São Januário. Além de estar se sentindo bem no time carioca, outro empecilho para a saída do jogador é a multa rescisória de seu contrato: R$ 6 milhões. Se a possibilidade de perder Alex Dias já é uma das principais preocupações do técnico do Vasco, ele ainda espera a solução de outro problema, a recuperação do meia Morais. O jogador contratado como reforço no início do mês abandonou o clube e viajou para Maceió, com a justificativa de precisar recuperar-se de uma crise alérgica. A previsão era a de que Morais se reapresentasse até hoje, mas o jogador não apareceu em São Januário. "É uma pena porque ele perdeu 15 dias de preparação. Nem sei bem o que está acontecendo porque não conversei com o presidente", disse o técnico do Vasco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.