Alex está de volta ao Palmeiras

O Centro de Treinamento do Palmeiras teve hoje a volta de um rosto conhecido. Para a felicidade de Vanderlei Luxemburgo, que torcia por um bom desfecho da negociação, o meia Alex voltou ao Alviverde. Com o acordo, o jogador, que vai atuar por empréstimo até 31 de maio, espera retomar os bons tempos de sua primeira passagem pelo clube e conseguir uma vaga na seleção brasileira que disputará a Copa do Mundo. Alex admite que teve de abrir mão de uma boa quantia de dinheiro para continuar no futebol brasileiro - sacrifício feito como investimento no sonho de voltar à seleção. "Qualquer um sabe que não dá para comparar o que se pode ganhar jogando quatro meses no Brasil ou quatro meses na Itália", afirmou o jogador.Antes da reunião de hoje o acordo estava difícil. No sábado Alex havia afirmado que a proposta feita para ele antes de sua viagem para a Itália, no último fim de semana, era muito inferior ao que pretendia receber e não lhe interessava. O meia não confirmou mas, segundo do diretor de futebol do Palmeiras, Sebastião Lapola, após uma reunião de três horas os dirigentes do clube convenceram o meia a diminuir sua proposta.Apesar das declarações de Lapola, de que empresários teriam oferecido Alex ao Corinthians, o jogador negou qualquer contato com os dirigentes do Alvinegro. "Antes da viagem à Itália para conversar com o Parma e depois que voltei para o Brasil a única proposta que chegou às minhas mãos foi a do Palmeiras." Para o jogador, outro fator que contou à favor de sua volta foi o fato da "torcida conhecer as minhas qualidades e os meus defeitos, de forma que vai saber o que cobrar de mim."Alex contou que conseguiu uma chance de permanecer no Brasil após uma conversa com o diretor de futebol do Parma, Arrigo Sacchi (que foi técnico da seleção da Itália na Copa de 1994), no último fim de semana. "Ele concordou que o clube teria interesse em ter um jogador na seleção e que eu teria melhores chances de conseguir isso se continuasse atuando aqui", explicou o meia. No acordo, o clube que contratar Alex não precisará pagar pelo empréstimo, mas vai ser responsável pelo pagamento dos salários do jogador.Alívio - Ao saber da notícia da contratação de Alex, Luxemburgo não escondeu a empolgação e acabou fazendo uma confissão. "Liguei para ele quando ele estava na Itália para saber como tinham sido as coisas e no domingo também", disse o treinador, que espera a presença do meia para os treinos ainda amanhã.Outro que ficou particularmente satisfeito com a volta do amigo pessoal foi o lateral Arce que disse ter falado com o jogador mas sem influenciar na sua decisão de voltar ao Palmeiras. "O que posso dizer sobre a volta do Alex é que, a meu ver, é melhor tê-lo jogando do nosso lado do que contra ele."

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2002 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.