Andrew Boyers/Reuters
Andrew Boyers/Reuters

Alex Ferguson deixa UTI quatro dias após passar por cirurgia de emergência

Ex-técnico do Manchester United foi internado por conta de uma hemorragia cerebral

Estadão Conteúdo

09 Maio 2018 | 17h02

O ex-técnico Alex Ferguson deixou nesta quarta-feira a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Salford Royal Hospital, em Manchester. O lendário técnico do United precisou passar por cirurgia de emergência no último sábado por conta de uma hemorragia cerebral.

+ Internado em Manchester, Ferguson recebe apoios de personalidades do futebol

A informação foi divulgada em nota pelo Manchester United. Foi a primeira notícia sobre as condições de saúde de Ferguson, de 76 anos, desde que ele foi internado. No entanto, não há muitos detalhes sobre seu quadro de saúde.

"Sir Alex não precisa mais de cuidados na unidade intensiva e continuará a reabilitação como paciente", informou a nota. "A família foi surpreendida com a quantidade de mensagens de apoio recebidas, mas continua pedindo privacidade, pois considera de vital importância para esse próximo estágio da recuperação", prosseguiu.

O atual treinador do United, José Mourinho, também se manifestou sobre a recuperação de Ferguson. "Estamos muito, muito otimistas". Mourinho é o terceiro técnico da equipe desde que Ferguson se aposentou em 2013.

Durante os 27 anos que esteve à frente do United, Ferguson conquistou 38 títulos. Foram 13 troféus somente do Campeonato Inglês. Sob o comando do treinador, o time ainda conquistou dois títulos da Liga dos Campeões da Europa e dois Mundiais de Clube.

Desde que deixou o cargo de treinador, Ferguson se manteve envolvido com o futebol. Ele ainda frequenta o clube inglês e tem participado de fóruns e palestras. Também tem sido visto em diferentes eventos, do Oscar a campeonatos de golfe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.