Alex Ferguson vê demissão 'inaceitável' de Hughes do City

'Não importa se você perdeu 20 jogos ou dois, há uma maneira de tratar as pessoas', diz o técnico do United

AE-AP, Agência Estado

24 de dezembro de 2009 | 11h31

O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, afirmou que a maneira como Mark Hughes foi demitido do comando do rival Manchester City foi "inaceitável". O treinador, substituído no cargo pelo italiano Roberto Mancini, foi mandado embora logo depois de dirigir o time em uma vitória sobre o Sunderland, pelo Campeonato Inglês.

"O comportamento (da diretoria do Manchester City) é inaceitável. Não importa se você perdeu 20 jogos ou dois: há uma maneira de tratar as pessoas", ressaltou Ferguson, que ao mesmo tempo reconheceu que havia a existência de uma lista de candidatos a substituto de Hughes.

O treinador galês admitiu que foi pego de surpresa com a notícia de sua demissão. "Dada a velocidade com que o meu sucessor foi apontado, parece que o clube tomou essa decisão com alguma antecedência", lamentou Hughes, logo depois de sua saída do City.

Os jornais ingleses, porém, já vinham publicando que o técnico tinha grande chance de ser demitido pelo fato de não estar conseguindo deixar o Manchester City entre os primeiros colocados do Campeonato Inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.