Alex, o novo alvo do São Paulo

Alex é o meia com quem o São Paulo sonha para o Campeonato Brasileiro. O empresário Juan Figer foi designado pela diretoria para tratar da negociação. O Parma, clube de Alex, aceita cedê-lo ao São Paulo sem custos, mas o problema que está inviabilizando a transferência é o salário de US$ 120 mil que o São Paulo teria de pagar ao ex-jogador do Palmeiras. Alex estava participando com êxito da pré-temporada do Parma, mas sua utilização no campeonato italiano será muito difícil. É permitida a presença de apenas dois jogadores extra-comunitários em campo e de mais um no banco de reservas. O Parma tem o japonês Nakata, o turco Hakan Sukur, além dos brasileiros Adriano, Matuzalém, Júnior e Alex. Como Júnior e Nakata são titulares e Adriano tem se firmado como uma boa opção de reserva, ficaria difícil a utilização de Alex. O segredo é total entre os diretores do São Paulo. O presidente Marcelo Portugal Gouvêa exigiu silêncio dos diretores quando o assunto é contratação. Quer impedir uma nova decepção como no caso Ricardinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.