Divulgação
Divulgação

Alex Sandro chega à Juventus, elogia Evra e vê 'sonho realizado'

Jogador custou pouco mais de R$ 100 milhões ao time italiano

Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2015 | 13h33

Novo reforço da Juventus para a temporada 2015/2016, o brasileiro Alex Sandro foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira. O jogador, que custou 26 milhões de euros (pouco mais de R$ 100 milhões) ao clube de Turim para tirá-lo do Porto, celebrou a oportunidade em um dos maiores clubes da Europa e falou em "sonho realizado".

"Jogar aqui sempre foi um sonho para mim e agora está sendo realizado. Quando garoto, eu adorava ver o Del Piero e o Trezeguet com a camisa preta e branca", declarou. "A Juventus é a escolha perfeita para mim. Chegar aqui vai me ajudar a crescer como pessoa e jogador. Como time, estamos trabalhando duro e vamos lutar para vencer todas as competições em que nos envolvemos nesta temporada."

Aos 24 anos, o jogador é uma aposta para o futuro da Juventus na lateral esquerda. Na atual temporada, ele terá a concorrência do veterano Patrice Evra, de 34 anos, a quem não poupou elogios. "Ele (Evra) e Roberto Carlos são os jogadores que representavam o modelo que eu queria seguir."

Alex Sandro foi formado nas divisões de base do Atlético-PR, mas foi no Santos, onde chegou em 2010, que ganhou destaque. Foi campeão da Libertadores em 2011 e, logo depois, acabou negociado com o Porto. O sucesso em Portugal lhe rendeu convocações para a seleção brasileira, inclusive com o técnico Dunga, que o chamou para amistosos no ano passado, após a última Copa do Mundo.

Na Juventus, ele espera mais dificuldade ao disputar o Campeonato Italiano. "O Italiano é uma liga difícil e a mais tática do mundo. Eu tenho certeza que esta experiência me fará melhorar como jogador. Eu sempre dou 100% para vencer. Estou confiante de que serei capaz de mostrar minhas qualidades durante os jogos e nos treinos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.