Fayez Nureldine/AFP
Fayez Nureldine/AFP

Alex Sandro sofre lesão muscular e desfalca a seleção brasileira contra a Coreia do Sul

Renan Lodi, jogador do Atlético de Madrid, será o titular da lateral esquerda no amistoso com os asiáticos, na terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2019 | 12h44

O lateral-esquerdo Alex Sandro vai desfalcar a seleção brasileira no amistoso contra a Coreia do Sul, nesta terça-feira, às 10h30 (de Brasília). O último compromisso da equipe comandada por Tite neste ano será realizado em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O jogador da Juventus sofreu uma lesão no músculo adutor da coxa direita na derrota por 1 a 0 para a Argentina, na sexta-feira, e não participou do treinamento da seleção neste domingo - enquanto os demais atletas trabalhavam no campo, ele fazia fisioterapia. O lateral não foi relacionado para a partida, mas vai continuar com a delegação brasileira em Abu Dabi.

Sem Alex Sandro, Renan Lodi vai ganhar uma nova oportunidade diante dos sul-coreanos. O lateral do Atlético de Madrid foi titular no amistoso contra a Nigéria, que terminou empatado por 1 a 1, em outubro, e tem recebido elogios de Tite.

"Fico triste pelo Alex Sandro, que lesionou, ele é um amigo que eu tenho, um cara muito legal, que vem me ajudando muito na seleção e no meu clube também. A gente se fala quase todos os dias", contou Lodi em entrevista coletiva neste domingo.

Contra a Coreia do Sul, o Brasil tentará acabar com uma série de cinco jogos sem vitória. A seleção de Tite ainda não ganhou uma partida depois da conquista da Copa América, em julho. O time nacional sofreu derrotas para Peru e Argentina e empatou com Colômbia, Senegal e Nigéria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.