Alex Silva aposta que defenderá o São Paulo na quarta

O zagueiro Alex Silva precisou deixar o time do São Paulo antes do final do clássico contra o Palmeiras, no último domingo, no Pacaembu, por causa de um ferimento sofrido abaixo do seu olho direito, fruto de um choque com o atacante Tadeu, da equipe do Palestra Itália. Nesta segunda-feira, porém, ele afirmou que deverá estar em campo diante do Guarani, na próxima quarta, no Morumbi, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 12h59

O defensor deu lugar a Renato Silva no segundo tempo do duelo e passou a virar motivo de preocupação para o técnico Sérgio Baresi e para o departamento médico do São Paulo, já que o local lesionado ficou muito inchado e chegou a dificultar a visão do atleta diante dos palmeirenses.

O problema foi minimizado por Alex Silva nesta segunda. "O importante é que não abriu (o ferimento). A gente vai procurar fazer um tratamento no olho e devo estar em campo contra o Guarani", afirmou o jogador, em entrevista para a TV Globo.

Em seguida, o zagueiro revelou que ficou chateado com a atitude de Tadeu, que lesionou o são-paulino após acertar uma cotovelada no rival. Ao ser questionado se houve maldade do adversário, ele disse: "A princípio achei que não, mas depois vendo o lance achei que sim, mas bola pra frente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.