Epitacio Pessoa/AE - 30/5/2010
Epitacio Pessoa/AE - 30/5/2010

Alex Silva comemora permanência no São Paulo

Jogador agradeceu o apoio do presidente do time paulista, Juvenal Juvêncio

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 12h19

SÃO PAULO - Alex Silva não escondeu a alegria com a notícia de que deverá permanecer no São Paulo. O zagueiro, que tem contrato de empréstimo somente até o fim de junho, agradeceu nesta quinta-feira o apoio do presidente Juvenal Juvêncio, que antecipou na quarta um acerto definitivo com o defensor.

"Fiquei muito feliz quando soube. O Juvenal é o grande responsável por tudo que aconteceu na minha carreira. Me trouxe do Vitória da Bahia quando ainda era um desconhecido e sempre me bancou aqui no São Paulo, mesmo nos momentos ruins", disse Alex Silva, que ainda está vinculado ao Hamburgo, da Alemanha.

Feliz com o futuro acordo, o zagueiro reiterou sua ligação com o clube e prometeu ainda mais empenho à torcida. "Isso mostra a confiança que eles têm em mim. Isso me dá mais motivação para novas conquistas e defender o clube que tenho tanto orgulho. Minha identificação com o São Paulo é muito grande. Aqui encontrei meu lugar ideal. Aqui eu sou feliz", afirmou, em entrevista à TV Bandeirantes.

Com seu acerto definitivo, Alex Silva já vislumbra o futuro do São Paulo na temporada. Para o zagueiro, o time ainda está no caminho certo, mas deverá surpreender na fase final do Campeonato Paulista. O maior teste neste início do ano, acredita o jogador, será o clássico com o Palmeiras, no domingo.

"Falta muita coisa ainda para o São Paulo se tornar uma equipe ideal, como aquela que foi campeã brasileira. Creio que o nosso treinador está fazendo as mudanças necessárias e ainda está procurando um time ideal para a fase decisiva do Paulistão e para o mata-mata da Copa do Brasil. Estamos no caminho certo, mas temos que manter o pé no chão. A prova de fogo será agora diante do Palmeiras", avisou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloAlex Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.