Alex Silva e Miranda miram recordes e seleção brasileira

Alex Silva e Miranda estão invictos há 382 minutos no São Paulo. O último gol que a dupla de zagueiros sofreu foi de Lopes, do Monte Azul, aos 23 minutos do segundo tempo, no triunfo por 5 a 1. Desde então, foram quatro partidas (0 a 0 com o Oeste, 2 a 0 e 3 a 0 no Nacional, do Paraguai, e 3 a 0 no Mogi Mirim).

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 11h13

Este é um dos fatores que reforçam o bom momento do time, em ascensão e praticamente classificado às semifinais do Campeonato Paulista - tem 30 pontos, cinco a mais que o quinto colocado, e com quatro jogos a disputar - após a vitória sobre o Mogi Mirim, no domingo.

"A gente procura bater recordes, como foi em 2007. Nós dois procuramos não tomar gols e estamos brigando por vaga na seleção brasileira", disse Alex Silva.

Em 2007, eles formaram um trio de zaga com Breno. Em 38 partidas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo sofreu apenas 19 gols, o que foi fundamental para a conquista do título nacional. André Dias também fazia parte da equipe, mas era reserva da defesa.

Agora, Alex Silva tenta reeditar com Miranda uma zaga vencedora. "Posso dizer que estou 100% e cada vez mais entrosado com o Miranda."

O técnico Ricardo Gomes, que foi zagueiro com passagens pela seleção brasileira, aprovou o desempenho dos dois. "É uma boa dupla. A atuação deles quinta [na vitória por 3 a 0 sobre o Nacional] e hoje [domingo] foi ótima. Os dois saem muito bem com a bola de trás e acho que ainda vão evoluir."

Porém, os dois jogadores têm chances remotas de participarem da Copa do Mundo. Alex Silva e Miranda já foram convocados por Dunga, mas parecem não estar nos planos do treinador.

Por isso mesmo, o foco agora é aumentar a invencibilidade. "Vamos crescer a cada partida", afirmou Alex Silva. Na próxima quarta-feira, às 21h50, o São Paulo encara o Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedi, em Bragança Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.