Alex Silva pede agilidade do São Paulo para acertar sua permanência

'Se eu fizer uma boa temporada em seis meses, Hamburgo vai procurar me vender', avisa

AE, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 21h03

Emprestado pelo Hamburgo, da Alemanha, o zagueiro Alex Silva tem contrato com o São Paulo até o dia 31 de julho, mas não esconde seu desejo de continuar no Morumbi. Por isso, ele aproveitou a entrevista coletiva nesta quinta-feira para pedir agilidade aos dirigentes são-paulinos na negociação para acertar a sua permanência no clube.

"Se eu fizer uma boa temporada em seis meses, Hamburgo vai procurar me vender. Já sei que há equipes da Europa interessadas e tive ligações de outros clubes brasileiros", revelou o zagueiro. "Se deixar para resolver em cima da hora, fica complicado. Gostaria de ter uma definição mais cedo, até o final de janeiro, para ficar tranquilo aqui."

"Não participo muito dessas coisas, mas ninguém conversou comigo. Não sei o que está acontecendo entre Hamburgo e São Paulo. Se tiver interesse, creio que São Paulo tem condições de conseguir minha permanência", contou Alex Silva. "Sempre deixei claro minha vontade de permanecer. Tenho vontade de ficar, porque é minha segunda casa."

Alex Silva disse, porém, que não sabe se a diretoria do São Paulo tem interesse em sua permanência após o final do empréstimo. Mas ele fez questão de tranquilizar o torcedor são-paulino, avisando que não irá defender nenhum rival no futuro. "Com todo o respeito aos clubes, eu não jogaria por Corinthians, Palmeiras e Santos", avisou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloAlex Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.