Alex Silva quer primeira vitória pelo Fla no Morumbi

O zagueiro Alex Silva ainda não mostrou a que veio no Flamengo. Desde que ele estreou como titular, a equipe ainda não venceu. O time rubro-negro só conseguiu um único triunfo deste então, sobre o América-MG, quando o defensor não jogou. Ele quer acabar com a fama de pé-frio justamente onde mais brilhou na carreira: no Morumbi.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 21h19

"Não vejo a hora de vencer aqui. Está me incomodando. Cheguei até a pensar que o problema era eu. Mas estamos trabalhando forte e creio que ela vai sair rapidamente. Espero que seja logo contra o São Paulo, que é minha ex-equipe", disse Alex Silva, que deixou o clube paulista em maio, antes mesmo do fim do seu empréstimo junto ao Hamburgo - depois ele foi adquirido pelo Flamengo.

Alex Silva conhece a fundo não apenas o elenco do São Paulo como a forma de agir da diretoria em jogos decisivos como o deste domingo. "Tem um ''negocinho'' no vestiário que o jogador dá até carrinho na cabeça. Conheço o papai Juvenal (Juvêncio, presidente do São Paulo) e sei a motivação que vai dar. Ele bota a mão no bolso, a premiação é boa (risos)", lembrou o defensor. "Já vou ligar para ele e dizer que não tem jeito", brincou.

O zagueiro teve uma conversa séria com Vanderlei Luxemburgo para passar os conhecimentos adquiridos no tempo que ficou no Morumbi. "O nosso papo foi sobre o São Paulo. Foram quatro anos no clube e conheço muitos jogadores. Mudou o treinador, se fosse o Carpegiani, poderia saber como eles vão jogar. Mas sei que o São Paulo vai para cima, buscar o resultado. O resto é segredo", completou ele, que deixou o São Paulo antes da chegada de Adilson Batista, atual treinador tricolor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.