Alexandre Gama faz balanço positivo

O técnico Alexandre Gama não deve continuar no comando do Fluminense na próxima temporada. Mas a primeira experiência profissional foi positiva, segundo ele. Entrou em atrito com as estrelas Romário e Roger por causa de suas regalias, e saiu fortalecido. As duas estrelas saíram do clube pelas portas do fundo e, agora, a equipe se vê próxima de conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana - que classifica o campeão e os times posicionados do 5.º ao 9.º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.Em tom de despedida, Gama declarou nesta quarta que a contusão dos jogadores mais experientes forçou a entrada das jovens revelações, que ganharam maturidade neste Brasileiro. O treinador apontou o atacante Alessandro, o lateral-direito Leonardo Moura e o volante Juca como destaques do Fluminense na temporada. "O Leonardo Moura mostrou regularidade, o Juca foi importante para o grupo por ser profissional e o Alessandro terminou o ano muito bem como titular", declarou Gama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.