Divulgação
Divulgação

Pato completa 26 anos maduro e sabendo o que quer na carreira

Atleta vive boa fase e busca contratação definitiva no São Paulo

Lucca Rebelato, O Estado de S. Paulo

02 de setembro de 2015 | 12h43

Nesta quarta-feira, 2 de setembro, Alexandre Pato, do São Paulo, completa 26 anos. Após altos e baixos na carreira, principalmente nos últimos anos, o jogador começa a demonstrar o bom futebol que o levou ao Milan, da Itália, em 2007 e, posteriormente, à seleção brasileira de 2008 em diante. Pato mostra-se mais maduro e parece que sabe o que quer na carreira.

Fora dos gramados, o atleta ainda precisa encaminhar seu futuro, já que pode deixar o São Paulo no fim do ano, quando termina seu contrato de empréstimo. Cedido pelo Corinthians, com quem tem vínculo por mais um ano, Pato perdeu a chance de se transferir para a Europa. Agora, o clube do Morumbi promete fazer todos os esforços possíveis para assinar em definitivo um acordo com o jogador, com o investimento prometido na casa dos 6 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões). O Corinthians tentou negociá-lo por 10 milhões de euros, o equivalente a R$ 38 milhões. Não conseguiu ainda.

Ocorre que é bem provável que ele não volta para o Parque São Jorge. Tem, portanto, mais quatro meses para se ajeitar. Se o São Paulo não tiver dinheiro para contratá-lo e mantê-lo em definitivo, possivelmente ele estará no mercado, com pedidas bem mais em conta. Seu salário para a Europa era de 4 milhões de euros (quase R$ 16 milhões) por ano.

CARREIRA

Alexandre Pato foi revelado pelo Internacional em 2006. Logo em sua estreia, contra o Palmeiras pelo Brasileirão, marcou seu primeiro gol um minuto após entrar em campo. No mesmo ano, participou da campanha do título mundial, conquistado sobre o Barcelona. Em 2007, o atacante se transferiu para o Milan, onde conquistou o campeonato italiano da temporada 2010/2011. As boas atuações pelo clube de Milão renderam ao brasileiro diversas convocações para a seleção brasileira. Ainda na Itália, Pato sofreu com diversas lesões musculares, o que atrapalhou sua sequência de jogos.

Em 2013, o Corinthians investiu R$ 40 milhões para trazer o jogador de volta ao Brasil, em uma grande campanha de marketing. O atleta, no entanto, decepcionou, marcando apenas 17 gols em 62 partidas. O desempenho ruim levou o clube a emprestá-lo ao rival São Paulo, já em 2014, em troca com Jadson. Desde então, o atacante marcou 33 gols em 83 partidas pelo tricolor. Nesta temporada, em 41 jogos, Pato balançou as redes 21 vezes.


Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSão Paulo FCAlexandre Pato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.