Alexandre Pato é candidato a herói do Brasil na Copa-2014

Alexandre Pato no ataque. Felipe ouDiego Cavalieri no gol. Esse pode ser parte do time do Brasilpara a Copa do Mundo em casa, daqui a sete anos, segundoespecialistas. Pato, 18 anos, foi o mais lembrado como candidato a heróida seleção brasileira para o Mundial de 2014, confirmado noBrasil pela Fifa nesta terça-feira. "Se pudesse fazer uma aposta, o Pato pode ser futuramente omaior nome da seleção", disse à Reuters o ex-jogador do Brasilnas Copas de 1982 e 1986 Júnior. A comentarista esportiva e vereadora por São Paulo SoninhaFrancine (PPS) e o técnico Antonio Lopes também apostam noatacante do Milan. "É um jogador de talento enorme, que tem a idade tenra, semdúvida é um dos que poderia estar lá (na Copa de 2014)",afirmou Lopes. Pato foi revelado pelo Internacional e, pouco depois defazer seu primeiro jogo no time principal da equipe gaúcha, conquistou o título do Mundial Interclubes, em dezembro de2006. Em agosto, foi vendido ao Milan por cerca de 30 milhõesde dólares, de acordo com a mídia italiana. Para o gol, Soninha acredita em Felipe, do Corinthians, ouDiego Cavalieri, do Palmeiras: "São duas boas revelações",disse. Ela citou ainda o zagueiro Breno, do São Paulo, comoatleta provável para estar no time que carregará a pressão dejogar uma Copa em casa após 64 anos. Outro zagueiro cotado é Juninho, do Botafogo. "É umzagueiro com potencial, sabe se colocar em campo e tem um chutemuito forte", declarou o técnico Cuca, do time carioca. E KAKÁ E ROBINHO? Sobre os atuais astros da seleção Kaká e Robinho, com 25 e23 anos, respectivamente, as opiniões se dividem. RonaldinhoGaúcho, hoje com 27, não foi lembrado. "Robinho e Kaká já terão passado por uma outra Copa doMundo e com certeza estarão ainda na ativa em 2014. Hoje emdia, (jogar) com 30 anos não é um problema para ninguém", disseJúnior. Soninha discorda. "É possível, mas acho que eles já terãosido superados pelos mais novos. Mesmo que estejam jogando embom nível, não acredito". O tetracampeão Zagallo, que conquistou títulos comojogador, técnico e auxiliar, preferiu não citar nomes, masdefende que "quem jogar em 2010 sai na frente". Já o ex-jogador Bebeto torce para que seu filho Matheus, de13 anos, esteja em campo na Copa de 2014. Matheus, homenageadopelo pai após um gol contra a Holanda, nas quartas-de-final doMundial de 1994, joga desde os 9 anos de idade no Flamengo. (Com reportagem adicional de Pedro Fonseca no Rio deJaneiro)

TATIANA RAMIL, REUTERS

30 de outubro de 2007 | 20h16

Tudo o que sabemos sobre:
FUTCOPAJOGADORES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.