Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Alexandre Pato marca, mas São Paulo perde jogo-treino para o São Caetano

Atacante, que não pode ser inscrito no Paulistão, fez um gol, mas time perdeu por 3 a 2 no CT da Barra Funda

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2019 | 21h22

O atacante Alexandre Pato marcou seu primeiro gol em seu retorno ao São Paulo no jogo-treino desta terça-feira, diante do São Caetano, mas o clube perdeu por 3 a 2, de virada, no CT da Barra Funda. A partida não foi oficial, apenas um jogo-treino

O atacante fez o segundo gol do São Paulo após cruzamento de Hernanes e colocou a equipe em vantagem de 2 a 1 – o primeiro gol foi marcado por Jonatan Gómez. O São Caetano virou com dois gols no final da partida.

No primeiro tempo, o São Paulo escalou os reservas que estão inscritos no Campeonato Paulista: Jean; Igor Vinícius, Rodrigo, Anderson Martins e Leo; Jucilei, Jonatan Gomez e Nenê; Helinho, Biro Biro e Brenner. A intenção da comissão técnica foi observar os jogadores que podem representar uma opção no banco de reservas.

Na segunda etapa, a formação mudou e foram escalados os novos reforços que não têm condições de inscrição no Paulista e serão utilizados apenas no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Hernanes foi o destaque da escalação. Depois de ficar da equipe por um mês por conta de uma lesão, o meia está tentando recuperar o ritmo de jogo. Ele representa uma das principais opções ofensivas para a decisão diante do Corinthians, domingo, na Arena Corinthians.

A equipe da segunda etapa teve Jean; Bruno Peres, Walce, Lucas Kal e Edimar; Willian Farias, Tchê Tchê e Hernanes; Vitor Bueno, Gonzalo e Alexandre Pato. Os titulares, que atuaram no Morumbi no último final de semana, fizeram exercícios regenerativos no Reffis e na fisiologia.

O jogo-treino marcou o reencontro com o São Caetano, adversário da última rodada da fase de grupos do Paulistão. Foi exatamente diante do rival que o São Paulo começou sua arrancada no torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.