Alejandro Pagni/AFP
Alejandro Pagni/AFP

Algoz do Palmeiras, Benedetto deve seguir no banco do Boca no duelo de quarta

Atacante entrou durante o primeiro jogo da semifinal e fez os dois gols da vitória da equipe argentina, na quarta-feira passada

O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2018 | 15h42

Herói do Boca Juniors no confronto de ida das semifinais da Libertadores, Darío Benedetto deverá seguir na reserva para o jogo de volta diante do Palmeiras nesta quarta-feira, no Allianz Parque, mesmo após ter saído do banco para marcar os dois gols do triunfo por 2 a 0 em La Bombonera.

No treino do Boca desta segunda-feira, o atacante voltou a treinar entre os reservas. Quem trabalhou como titular foi Ramón Ábila, que pouco destaque teve no confronto de ida e acabou substituído justamente por Benedetto.

Na quarta passada, Boca e Palmeiras empatavam por 0 a 0 até os 31 minutos do segundo tempo, quando Benedetto entrou em campo. Apenas sete minutos mais tarde, o atacante aproveitou escanteio cobrado da direita e finalizou de cabeça para a rede. Aos 42, cortou Luan e acertou chute de fora para marcar lindo gol e definir o placar.

A ausência de Benedetto, no entanto, não significa que o Boca não terá mudanças para o jogo de volta. Nesta terça, o atacante Sebastián Villa, que tem conquistado seu espaço nas últimas partidas, trabalhou entre os titulares e deverá ocupar a vaga de Mauro Zárate, que ficará como opção no banco.

Podendo até perder por um gol de diferença, ou por dois, desde que marque ao menos um, o Boca Juniors deve encarar o Palmeiras na quarta com: Rossi; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Nández, Barrios e Pablo Pérez; Pavón, Ábila e Villa.

 

 

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasBoca Juniorsfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.