Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Aliado de Teixeira prevê renúncia

O senador Gilvan Borges (PMDB-AP) disse nesta terça-feira acreditar na hipótese de que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, vai renunciar ao cargo por não suportar "as pressões de grupos poderosos que desejam controlar o poder da entidade". "Sinceramente não sei qual será sua atitude, ele pode também permanecer na presidência, mas vem sofrendo um massacre para deixar a CBF."Borges foi o maior defensor de Teixeira na CPI do Futebol no Senado e esteve nesta terça-feira na sede da entidade para tratar da oficialização da Liga do Norte, que deverá ter 16 clubes, dois do Amapá. Ele não nominou os "grupos poderosos" que estariam por trás de uma suposta campanha para afastar Teixeira do comando do futebol brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.