Ivan Storti/Santos Futebol Clube
Ivan Storti/Santos Futebol Clube

Alison aponta Santos concentrado em Goiânia antes de duelo contra o Corinthians

Volante afirma que time vai focar na Copa do Brasil e deixar de lado pelos próximos dias a semifinal do Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

01 de abril de 2019 | 12h54

Antes do jogo de volta contra o Corinthians pelas semifinais do Campeonato Paulista, na próxima segunda-feira, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, o Santos vai ter de enfrentar o Atlético Goianiense, nesta quinta, em Goiânia, pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Para o volante Alison, o time da Vila Belmiro não pode escolher um desafio.

"A partir desta segunda-feira, nosso pensamento tem que ser no jogo de quinta-feira porque também é uma decisão. Temos que dar prioridade às duas competições", afirmou o jogador santista, nesta segunda, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, em Santos.

Alison prevê um Pacaembu lotado para o duelo decisivo contra o Corinthians pela vaga na final do Paulistão. "Contamos com o apoio da torcida, que será muito importante para conseguirmos a classificação", disse. O Santos perdeu o jogo na Arena Corinthians, no domingo, por 2 a 1 e precisa de pelo menos um triunfo simples para levar a decisão para os pênaltis.

O volante, de 26 anos, revelou que a chegada do técnico argentino Jorge Sampaoli à Vila Belmiro foi benéfica para o melhor desempenho do seu futebol. "Sampaoli trouxe uma filosofia diferente, que ninguém estava acostumado. Desde o primeiro dia ele disse pra mim que precisaria de uma participação maior com a bola. Isso foi muito importante pro meu crescimento", revelou.

O Santos enfrenta o Atlético Goianiense pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, às 19h15 desta quinta-feira, no estádio Antônio Accioly. O jogo de volta, no próximo dia 11, vai marcar a reabertura do estádio da Vila Belmiro, em Santos.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.