Alisson comemora chance, mas prega cautela em retorno ao Cruzeiro

O meia Alisson foi uma das novidades do treino do Cruzeiro nesta quinta-feira. O técnico Vanderlei Luxemburgo deu chance ao jovem jogador, de 22 anos, na tentativa de renovar o setor e dar novo fôlego ao time, que vem de apenas uma vitória nos últimos quatro jogos na temporada.

Estadão Conteúdo

30 de julho de 2015 | 16h18

Alisson foi testado entre os titulares após se recuperar de lesão na coxa esquerda. Por essa razão, o meia pede cautela com a possibilidade de voltar ao time na partida contra o Sport, domingo, na Arena Pernambuco.

"Estou voltando agora, mas estou tendo um ritmo muito bom nos treinos. Estou me sentindo muito bem, mas treinar e jogar não são as mesmas coisas. Tem o emocional do jogo, mais concentração, mas se precisarem de mim, estou aqui para dar o meu melhor dentro de campo", comentou Alisson.

No treino desta quinta, o meia entrou na vaga do atacante Willian, na tentativa de Luxemburgo deixar o Cruzeiro mais fechado no meio-campo. Com características mais ofensivas, Alisson poderia manter o poder de fogo do time mineiro, sem perder o volume no meio-campo.

"Ainda não sei se vou começar jogando, mas fiquei muito feliz pela escalação entre os onze. É uma felicidade muito grande e não vejo a hora de poder voltar a jogar. Mas acho que tem que ser com calma também, eles sabem o que é melhor para mim", disse, referindo-se à comissão técnica cruzeirense.

A escalação de Alisson entre os titulares deve ser definida no treino desta sexta-feira, no período da tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroAlisson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.