Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Alisson conquista o prêmio de melhor goleiro do mundo pela Fifa

Brasileiro do Liverpool recebe troféu das mãos da jogadora Marta

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2019 | 16h45

Com atuações decisivas pelo Liverpool na campanha que levou o time inglês ao título europeu neste ano, o brasileiro Alisson foi eleito pela Fifa nesta segunda-feira, em Milão, o melhor goleiro do mundo na temporada 2018/2019.

O jogador levou a melhor sobre o seu compatriota e companheiro de seleção brasileira Ederson, do Manchester City, e sobre o alemão Marc-Andre Ter Stegen, do Barcelona, que eram os outros dois finalistas à honraria desta posição na premiação da entidade máxima do futebol.

Após o anúncio do seu nome, Alisson curiosamente demorou um pouco para ir ao palco do Teatro alla Scala, arrancando risos da plateia e do seu técnico Jürgen Klopp, mas após o suspense chegou para receber o troféu de melhor goleiro das mãos da brasileira Marta, eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa.

"É um grande prazer receber esse prêmio, que representa tudo o que eu trabalhei na minha vida até chegar aqui. Gostaria de agradecer especialmente à minha esposa, minha filha, a meu filho recém-nascido e aos meus pais. Estou sem palavras, obrigado Deus por estar aqui, recebendo esse prêmio das mãos de uma grande brasileira, a Rainha Marta", ressaltou Alisson, que depois deixou claro que espera servir de exemplo para outros brasileiros que almejam se tornarem craques de nível mundial.

"Aqui eu represento todo o jovem brasileiro que sonha em ser jogador de futebol. Não desista de seus sonhos. Eu saí do nada e agora estou aqui", completou o atleta, que recentemente também havia sido eleito o melhor goleiro da Europa na temporada 2018/2019 em premiação promovida pela Uefa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.