Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Alisson rebate críticas ao gramado da Arena com bom humor: 'Se o Messi falou...'

Grêmio vai atuar em seu estádio no dia 10, pela Copa do Brasil, diante do Bahia

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 23h01

O meia Alisson encarou com bom humor as críticas feitas por vários jogadores das seleções que estão disputando a Copa América com relação ao gramado da Arena do Grêmio. "Se o Messi falou, quem é o Alisson para falar?", brincou o jogador.

O tricolor gaúcho volta aos campos no dia 10, quando vai enfrentar o Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil. E o primeiro jogo é em Porto Alegre. "Não chegamos a jogar ainda depois da parada da Copa América, mas pelas entrevistas e comentários de alguns... Tomara que, contra o Bahia, esteja melhor e possamos fazer um grande jogo."

Quanto ao time que vai entrar em campo, Alisson revelou várias opções testadas pelo técnico Renato Gaúcho durante os treinamentos. "A gente sabe que tem jogos em que o Renato vai optar pelo 9 fixo e outros não. Ele sabe muito, sabe quando vai ter que usar essa formação. Independentemente da posição, vamos tentar colocar em prática da melhor maneira possível."

O meio-campista não considera um problema o Grêmio atuar sem um atacante fixo no comando do ataque. "Jogamos assim no ano passado contra o Atlético Tucumán. O Ramiro foi como volante, eu na ponta e o Luan de falso 9. O Renato não está inventando nada, já usou isso. Somos inteligentes para entender o que ele pedir. Que a gente coloque em prática para conseguir os resultados positivos."

Além do Bahia na Copa do Brasil, o Grêmio vai ter o Campeonato Brasileiro, dia 14, frente ao Vasco, em Porto Alegre, pela décima rodada. O time soma apenas 11 pontos, em 11º lugar, 14 atrás do líder Palmeiras.

O time gaúcho também disputa as oitavas de final da Copa Libertadores, frente ao Libertad, nos dias 25 e 1º de agosto, com o primeiro jogo na Arena.

Tudo o que sabemos sobre:
Grêmiofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.