Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Aliviado, Palmeiras estreia na Copa do Brasil contra o embalado Bragantino 

Em busca do terceiro triunfo seguido, Alviverde encara o time de Bragança no jogo de ida das oitavas; clube ainda não tem treinador

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2020 | 05h00

Aliviado após duas vitórias seguidas que deixaram o ambiente mais tranquilo, o Palmeiras estreia na Copa do Brasil nesta quinta-feira, às 19 horas, diante de um embalado Red Bull Bragantino, que não perde há três jogos. O duelo de ida das oitavas de final será em Bragança Paulista, no Nabi Abi Chedid. Palmeiras e Bragantino já se enfrentaram 43 vezes na história, com 25 vitórias do time alviverde, nove empates e nove triunfos da equipe de Bragança. Neste ano há equilibro, com um resultado positivo por 2 a 1 para cada lado.

Campeão em 1998, 2012 (invicto) e 2015, o Palmeiras começa a trajetória em busca do tetracampeonato do torneio nacional que paga premiação de R$ 70 milhões ao campeão. Esta é a 25ª participação do time paulista na disputa. No ano passado, a equipe então treinada por Luiz Felipe Scolari caiu nas quartas de final ao ser derrotada pelo Internacional nos pênaltis, depois de dois resultados iguais (1 a 0).

O Palmeiras vem de vitórias sobre Tigre e Atlético-GO, com oito gols marcados e nenhum sofrido. Os resultados positivos quebraram sequência de quatro derrotas e aliviaram um pouco a pressão. No entanto, as cobranças continuam presentes, especialmente porque a diretoria não conseguiu contratar um novo técnico para o lugar de Vanderlei Luxemburgo. Já são 15 dias sem um treinador. 

A prioridade segue sendo por um estrangeiro e vários nomes são analisados. Miguel Ángel Ramírez chegou perto de fechar o acordo, mas o espanhol disse que só viria no início do ano que vem. Outros estrangeiros, como Gabriel Heinze, foram contatados. O nome da vez é o do português Abel Ferreira, do PAOK, da Grécia. Enquanto isso, o auxiliar fixo Andrey Lopes segue no comando interino da equipe. Ele busca sua terceira vitória em quatro jogos e ainda não está contente com a evolução dos seus comandados.

"(A equipe) evoluiu muito pouco. Existe muita coisa a ser feita. Foram jogos bons, consistentes, mas temos de ser mais equilibrados", afirmou o interino. Cebola pretende montar um esquema no qual o time saiba trabalhar as jogadas com paciência, mas também tenha velocidade para os contra-ataques.

"Os jogadores se uniram pelos objetivos e isso é fundamental. A união em prol do resultado positivo tem dado certo. Devemos vivenciar o momento e seguirmos evoluindo passo a passo", ponderou.

A escalação terá apenas uma mudança em relação aos titulares que enfrentaram e venceram o Atlético-GO no último domingo: o retorno de Gustavo Gómez, que estava suspenso no Brasileirão. O paraguaio retoma seu lugar na zaga ao lado de Felipe Melo.

Não há novos desfalques. Os laterais Marcos Rocha e Lucas Esteves, em recuperação de lesões musculares, respectivamente, nas coxas direita e esquerda, ainda não estão treinando com bola e seguem fora. Com isso, Gabriel Menino continua improvisado na direita. Ele agradou na função nas últimas duas partidas, ao contrário de Mayke, em baixa.

Além dos laterais, Cebola não pode contar de novo com o volante Danilo e o atacante Gabriel Veron, que estão com a seleção brasileira sub-20 em fase de treinos, em Itu. Os jovens estarão à disposição para o duelo contra o Atlético-MG, na próxima segunda, pelo Brasileirão. 

Com isso, Rony deve seguir entre os titulares de um lado e Wesley, do outro. O jovem atacante tem sido um dos destaques da equipe nas últimas partidas. Luiz Adriano, empolgado após encerrar o jejum de gols, estará no comando do ataque.

Reencontro

Após 11 jogos no comando do Bragantino, o treinador Maurício Barbieri vai reencontrar o Palmeiras, o adversário de sua estreia, no início de setembro. Na ocasião, a sua equipe levou a virada e foi derrotada por 2 a 1. Desde então, algumas coisas mudaram e o time de Bragança vem evolução. Empatou com o Flamengo fora de casa e venceu Sport e Goiás em seus últimos três compromissos. 

"Para a estreia, tive um período curto de treinamento. A gente vinha de uma mudança de estrutura de jogo. Dentro do meu entendimento do que era possível fazer naquele curto período, avalio que a gente vem de uma crescente. Tivemos algumas oscilações, mas a gente sempre veio numa crescente", avalia Barbieri. 

A única mudança na escalação deve ser a entrada de Uillian Correia na vaga de Raul, que não pode jogar a Copa do Brasil porque já defendeu o Vasco nesta edição da competição. Lucas Evangelista também é uma opção.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO X PALMEIRAS

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Ricardo Ryller, Uillian Correia (Lucas Evangelista) e Claudinho; Bruno Tubarão, Arthur e Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri.

PALMEIRAS - Weverton; Gabriel Menino; Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Luiz Adriano. Técnico: Andrey Lopes (interino).

ÁRBITRO - Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

HORÁRIO - 19h.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

TV - SporTV e Premiere.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.