Vítor Silva/Botafogo
Vítor Silva/Botafogo

Aliviado por sequência positiva, Botafogo tenta segurar o líder do Brasileirão

Time carioca quer chegar à terceira vitória consecutiva diante do São Paulo neste domingo, no Engenhão, às 16h

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2018 | 06h22

O Botafogo está mais tranquilo, mais confiante e sem aperto no nó da gravata. Quem faz esta definição é o técnico Zé Ricardo, satisfeito pela regularidade do time, e principalmente, pelas vitórias em cima do América-MG (1 a 0), em casa, e Vitória (4 a 3), fora. É com esta postura que o time carioca espera surpreender o líder São Paulo, neste domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Vai ser um jogo tenso, onde vamos ter que manter o alto nível. Mas acredito que podemos ir bem com o apoio de nossa torcida", disse o técnico que considera o adversário "mais pressionado" por vir de empate no Morumbi contra o América-MG (1 a 1) e apertado pelos concorrentes à liderança.

O objetivo é livrar o time, o mais rápido possível, da ameaça de rebaixamento. No momento soma 32 pontos e, nesta rodada, não corre risco de ficar na zona de degola. O Engenhão deve estar lotado, com mais de 35 mil torcedores.

Depois de deixar o treino mais cedo na quarta-feira, o atacante Erik participou normalmente dos trabalhos de sexta-feira e deve ser escalado. Ele foi um dos principais destaques nas últimas duas vitórias. O lateral Yago volta a ser opção no banco.

Por outro lado, o meia Léo Valência, que não enfrentou o Vitória, segue se recuperando de um problema na panturrilha e continua de fora. Pode voltar contra o Bahia, quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na ida, o time carioca perdeu por 2 a 1.

Apesar dos bons treinamentos do goleiro Gatito Fernández, ele ainda não deve ser relacionado. O técnico Zé Ricardo quer manter o moral do titular Saulo e do reserva Diego. "O Gatito precisa estar totalmente recuperado. Quando ele voltar é para ser o titular", avisou o técnico, deixando claro que não será desta vez o reencontro da torcida com seu ídolo, afastado desde o dia 23 de abril.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.